CHURRASQUEIRA POVOENSE: simplicidade às tiras

Fomos até à região saloia, à procura da ‘churrasqueira das tiras’ como é conhecida por muitos dos que habitam em Lisboa.

Situada num local de acessos menos fáceis, por estradas secundárias e ruas estreitas de uma aldeia, a Churrasqueira Povoense acabou por surgir, depois de uma incursão pela Charneca, aldeia natal de Beatriz Costa e publicitada na A8

A sala rústica, mas mesmo assim acolhedora da Churrasqueira Povoense

A sala rústica, mas mesmo assim acolhedora da Churrasqueira Povoense

como Aldeia da Roupa Branca, em clara alusão ao filme português de finais da década de 30.

Chegados à churrasqueira, o interior, de aspeto rústico, mas moderno, com mesas e bancos corridos em toda a sala, de generosa amplitude e lotação, apesar disso, as enchentes neste restaurante são frequentes nomeadamente no horário de almoço à semana e nas noites de sexta e sábado.

Não esperamos muito até termos mesa (quase nada), talvez em virtude de estarmos a jantar já fora de horas (cerca das 21.30 de sábado) e de termos também telefonado de antecipação.

Da ementa sobressaem as famosas tiras entre outros grelhados dos secretos às costeletas, com um único prato de peixe: bacalhau grelhado. Optamos pelas tiras de porco, com batata frita e salada mista para as acompanhar. Rapidamente, cerca de 5 a 10 min. tínhamos na mesa o nosso pedido. Para três pessoas, dose e meia pareceu-nos o mais ajustado.

Conclusão

O serviço da Churrasqueira Povoense é simpático, mas acima de tudo eficiente.  As tiras de porco grelhadas estavam divinais, saborosas, e no ponto de grelha, sem estarem secas ou carbonizadas, que lhes permitia serem extremamente tenras. No final, uma refeição para três pessoas regada com um jarro de 0,5l de vinho tinto da região, pão e azeitonas de entrada, uma dose e meia de tiras acompanhada por batata frita e salada mista saldou-se em 25 euros (cerca de 8,5 euros por pessoa). Uma brilhante relação qualidade-preço.

Informação

Churrasqueira Povoense
Rua 1º de Maio, 2 – Póvoa da Galega – Milharado (mapa aqui)
Telefone: 21 985 60 80
 
Horário de funcionamento:  ‎
  • Segunda a quarta: 12:00 – 15:00
  • Quinta a sábado: 12:00 – 15:00 e 19:30 – 22:00
  • Encerrado aos domingos

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s